Lençóis Maranhenses


O Parque Nacional dos Lençois Maranhenses possui uma beleza ímpar que vale a pena conhecer e caminhar por suas areias brancas interagindo com a natureza.
Criado em 02 de Junho de 1981, com área de 155 mil hectares, o parque atrai turistas do mundo inteiro. Localiza-se no nordeste do estado do Maranhão ocupando uma área de270 Kms de dunas que se formam conforme a combinação dos ventos.

A cidade mais próxima é Barreirinhas e os povoados são o de Vassouras, Atins, Mandacaru e Caburé, onde é possível ver o bailado de grupos de mergulhões cinzentos de bico avermelhados e de grupos de garças, além das modestas cabanas de palha de buriti pelas areias, verdadeiras pousadas de emergência quando o sol está muito forte, além de oferecerem ensopados deliciosos de peixes típicos da região.

As dunas não são muito altas e se movimentam todo o tempo com o vento, dá impressão de estar estendendo um lençol gigante!As lagoas que ficam à beira do Oásis possuem águas claras e quentes, dá vontade de passar o dia todo nelas e à tardinha deitar numa gostosa rede!




Atrações Turísticas
Lagoa da Gaivota - Quem visita a lagoa da Gaivota no começo da viagem corre o sério risco de não querer conhecer as outras atrações dos Lençóis Maranhenses. De bonita que é, a lagoa desperta uma irresistível vontade de gastar ali todos os dias de estada na cidade.
Caburé - Um delicioso refúgio onde o visitante pode tomar banho de mar e tirar o sal do corpo em água doce. Boa opção de pernoite. Existem chalés e boa comida.
Mandacaru - Vila de pescadores onde a maior atração é um farol de 54 metros de altura, de onde se tem um belo visual do parque.
Praias - Ponta do Mangue, Moitas, Vassouras, Morro do Boi, e Barra do Tatu são algumas das belas praias que esperam pelo turista em Barreirinhas. Chega-se de barco a todas elas, partindo-se da sede do município.
Lagoa dos Jacarés - Deixando apenas os olhos para fora d’água, os jacarés estão sempre à espreita e sua presença inibe qualquer idéia de mergulho. Mas os moradores da região, talvez pela necessidade de sustento, parecem não temer os aterrorizantes frequentadores da lagoa

. Como se não notassem a companhia dos répteis, os pescadores entram na lagoa para estender as redes de pesca.

0 comentários:

Postar um comentário

 
Praias do Nordeste © 2011 | Designed by Interline Cruises, in collaboration with Interline Discounts, Travel Tips and Movie Tickets